Será que justiça é o suficiente?

Atualizado: 18 de out. de 2020

A busca de justiça é algo inerente no ser humano, mas o senso de justiça varia bastante de acordo com a capacidade de empatia das pessoas.


Vamos analisar essa história: Marcus era um menino de 7 anos muito inteligente. Desde cedo ele era levado pelos pais para uma comunidade carente perto de sua casa, onde eles promoviam trabalhos sociais para muitas pessoas necessitadas, Marcus a todos por sua dedicação e carinho com as pessoas menos favorecidas. Ele era tambem um aluno exemplar e muito querido por seus colegas de escola pois sempre era o primeiro a auxiliar caso alguém precisasse de ajuda.


Dois dias após completar 18 anos, Marcus recebeu uma notícia na faculdade que estudava, que precisava voltar para casa com urgência, como sua mãe estava doente, ficou preocupado, voltando imediatamente.


Ao chegar em casa, notou alguns familiares com os olhos chorosos e pensou o pior, mas logo que entrou no quarto viu sua mãe, triste, mas saudável e ficou aliviado, foi quando sua irmã caçula entrou no quarto gritando que seu pai tinha morrido atropelado. Aquela sensação de alívio ao ver sua mãe se tornou uma sensação pânico ao saber da morte do pai.


Meses se passaram e Marcus, ainda abalado com a perda do seu pai, se envolveu com uma garota muito bonita, mas que não era muito bem vista na faculdade devido ao seu envolvimento com drogas pesadas.


Não demorou muito e Marcus, na esperança de amenizar a perda do pai, aceitou experimentar a cocaína e como ele não tinha experiência, logo se viciou, pois a droga proporcionava os momentos em que a dor da perda diminuía. Em menos de um ano Marcus, abandonou a faculdade passou a assaltar para manter o vício deixando seus familiares arrasados.


Um dia em que estava muito drogado, ao tentar assaltar um policial apaisana que reagiu, Marcus o matou de forma instintiva ao tentar se proteger; após o tiro fatal, Marcus caiu em si, começou a chorar copiosamente não abandonando o local, e logo ele foi preso, levado a prisão e espancado na cadeia até a sua morte.


Essa história se repete, com personagens diferentes, pelo mundo todo. E nos traz reflexões em pontos de vistas diferentes.


Os amigos e familiares do policial, concordam que a justiça foi feita por aquele rapaz ter matado um pai de família. A mãe e familiares de Marcus, não conseguem entender como um rapaz tão bom se perdeu tão rápido, eles gostariam que Marcus pudesse ter tido uma chance de se redimir e voltar a ser aquele Marcus amado por todos que o conheciam.


E para você que é somente um leitor dessa história? Você acha que a justiça foi feita com a morte de Marcus ou justiça verdadeira precisa ser acompanhada pela misericórdia? Para ajudar na reflexão, lembre-se que você pode ser o pai de família, mas seu filho pode ser um Marcus.



Todos nós cometemos erros e alguns deles irreparáveis, é necessário a justiça, mas não só como fator de punição, pois a educação somente punitiva é muito mais lenta pois também gera revoltas, a verdadeira justiça tem que ser acompanhada pela misericórdia que alimenta aquele ser divino que todos nós temos.


Imagine se Marcus não tivesse sido morto, e após cumprir sua sentença, tivesse se dedicado a educar jovens contra o uso de drogas? Quantas vidas ele teria salvado em nome daquele policial morto?
Justiça sem misericórdia é simplesmente vingança.


#loveyourself #dontgiveuponyourself #depressionhelp #suicideprevention

#depressaoajuda #loveoneanother #angelwamnesia #anjocomamnesia #criticalthinking #selfrealization #pensamentocritico #rememberyouressence #Bekind #losangeles #venicebeach #youaregood #youareawesome #youarelight #buddanature #bornagain #nascerdenovo #nuncadesistir

#maisumachance #lembredasuaessencia