O seu lado mentiroso

Atualizado: 10 de jul. de 2019

Você considera meias verdades uma mentira? Se sim, saiba que uma parte sua é um mentiroso inveterado.


Se você não gosta de mentira fique sabendo que o EGO é um mentiroso, pois ele supõe que ele seja você quando na realidade ele é só uma pequeníssima parte de ti.

Podemos comparar o nosso nível de auto-conhecimento a um iceberg. A parte visível, seria o nosso consciente e representa somente 10% do todo, e a parte invisível, que representa os 90% restante, seria o nosso inconsciente.


Segundo Jung, o Ego é o agente que nos dá identidade, uma “referência”, tudo que temos consciência nós relacionamos com o Ego… Meus Pais, minha carreira, minha estória etc.

Mas agora que você sabe dá imensidão do inconsciente (não-visível) , fica a pergunta, como o ego que representa 10% de nós poderia definir os 90% restantes? Seria como fazer o censo demográfico na China e achar que toda população do mundo é asiática.



O inconsciente influi na nossa vida muito mais que possamos imaginar. Quantas situações difíceis que achamos não poder superar e de repente “uma força interna” surge e superamos? Quantas vezes fazemos algo desagradável mesmo que sem querer?


Por diversas vezes somos capazes de atos angelicais de amor e como também de atos demoníacos de puro egoísmo e ambos acontecem de forma “instintivas”.

Se o nosso Ego distorce tanto a realidade em relação a nós mesmos imagine o quanto distorcidas são as nossas opiniões sobre os outros.


O Ego tem uma mania crônica de associar-se e associar as pessoas a uma ação, desconsiderando o contexto que levou á aquele ato; é como julgar todo um filme olhando somente o seu cartaz. O amigo querido nos magoou em um determinado momento e o nosso ego “magoado” começa a “julgá-lo e condená-lo” por aquele ato, esquecendo todos os momentos de demonstração de amizade anteriores e nem levando em consideração o que levou o amigo a agir daquele jeito.


Quando tomamos a atitude de nos auto-conhecer, começamos a ser mais “senhores” de nós mesmos, capazes de educar os “instintos demoníacos” e alimentar o nosso lado divino, não tomando como verdade absoluta nada que o nosso Ego fale sobre nós ou sobre os outros, principalmente aqueles pensamentos auto-destrutivos como: Eu não consigo, não tenho valor, não presto pra nada, sou um perdedor etc.


Dentro do inconsciente de cada um de nós está escrita a assinatura divina do criador que, sendo perfeito, não poderia criar nada imperfeito. O objetivo da nossa vida é esse “religare”, essa reconexão com a nossa essência divina.


Mas, enquanto não conseguirmos essa reconexão, estaremos presos a esse círculo vicioso, sentindo esse vazio existencial decorrente dessa desconexão com a essência divina em nós.

Anjo com Amnésia… Lembre-se da sua Essência!!!